segunda-feira, novembro 26, 2007

Momento de histeria profuda


Você sabe quando realmente está desesperada quando, mesmo sem acreditar, ensandece atrás de suas amigas, pedindo indicação de uma cartomante das boas! Céus, nossas tragédias são mesmo capazes de nos transformar em pessoas patéticas!

E eu sei que vou ficar psica com o que ela disser. Exemplo? Há alguns anos, fui em uma cartomante que me disse que eu encontraria um homem mais velho, jornalista, bem-sucedido. Há, mas na hora me veio na cabeça: "Ai, Jesus, é o Boris Casoy". A idéia fixa me perseguiu até alguém me dizer que o distinto comia da mesma fruta que eu até o caroço. Eu definitivamente não presto e gosto de me martirizar! Tomara que ela diga coisas boas. EU PRECISO OUVIR COISAS BOAS!

2 comentários:

Magui disse...

Uau!!!!Por esta eu não esperava.É meeessssmoooo...

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkk Bizarro isso Lú.. vc e Boris aff "Do alto de suas vassouras" kkkkkkkkkkkkkk LU, desculpa, mas adoro vc deprê... fica muito, mais muito mais divertida bjs saudades Samara