quarta-feira, fevereiro 07, 2007

Idéias para uma vida feliz

O miserê que se abateu sobre mim, desde dezembro, está fazendo com que eu tenha idéias bem bacanas. Se o sistema não me quer, sou eu quem vai deixá-lo, não é ele quem vai me colocar pra correr não!

1) Vou largar o emprego que me faz chorar cada vez que olho o holerite e penso nos meus anos dedicados aos estudos

2) Venderei todos os meus móveis e roupas caras, não precisarei mais deles pra nada

3) Devolverei o apartamento no treme-treme da Paim - sinto muito, mas não levo boas lembranças de lá, a não ser as três menininhas que amam meu gato

4) Voltar para a casa de mamãe

5) Não estudar mais, afinal tanto conhecimento não tem me servido para muita coisa

6) Não trabalhar mais, até que o emprego perfeito bata a minha porta

7) Enquanto isso, escrevo um romance sobre como não ser devorada pela porra do sistema!

Sim, sim, parecem-me boas decisões!

2 comentários:

Obi Jully Wan disse...

Oi Lu!
Sei bem o que é isso - vc sabe, já passei por isso.
E olha, às vezes, a gente dá um passo atrás para voltar a dar dois à frente!
O sistema é uma bosta e não faço a menor questão de voltar pra ele. Depois que vc aprende que:
1. não precisa ser humilhada a troco de nada, ainda mais dinheiro
2. trabalho é uma troca: eu entro com conhecimento e a empresa com o dinheiro. Não é uma troca de favores como certas pessoas gostam de berrar aos 4 ventos
3. não preciso de mais que um pijama, um par de havaianas para trabalhar. pra isso, uso a cabeça, não minhas roupas
4. basta um ótimo computador, telefone e acesso ao speedy para vc contactar qq pessoa no mundo. Passo a maior parte do tempo sozinha em casa, mas estou o tempo todo conversando com alguém. Melhor ainda: só pessoas interessantes ou que eu realmente amo. Acabo sem precisar desperdiçar tempo com bobagens ou com quem não merece.
5. aprendemos a viver com o essencial.

Por isso, voe, minha cara! E faça a sua felicidade! Abaixo os frustrados de plantão! :)

Lola disse...

Eu preciso é saber o que é essencial para a minha pessoa. Depois disso, acho que encontrarei boa parte da felicidade ou, ao menos, não a desperdiçarei com bobagens!
Amigos é uma coisa essencial com certeza!
Beijocas