quarta-feira, outubro 03, 2007

Da sabedoria popular


Há males que vêm para o bem e se tornam responsáveis por nos fazer repensar ações, por nos fazer aprender o que não se deve repetir, por nos ensinar a cuidar melhor de nossas vidas, por nos fazer crescer, encarar tudo com mais maturidade, por nos mostrar o papel que algumas pessoas têm e sempre terão em nossas vidas, por deixar sabermos quem são os amigos que sempre estarão por perto, por nos fazer cuidar do próprio corpo e saber preservá-lo com o respeito e dignidade que merece!


"Nunca pinto sueños ni pesadillas. Pinto mi propria realidad."
Frida Kahlo

5 comentários:

Fernando disse...

Meja, hoje lembrei da música do The Cure tradicional das sextas-feiras no Neurônio (It's friday, I'm in love). Para meu espanto, no horário do almoço, quando fui pagar as contas, ouvi essa música no rádio. Achei impressionante a coincidência. Vc e o Fabiano não viriam para Rio Preto? Tentei ligar e não consegui. Me contatem

Wolverine disse...

Eu também ouvi It's friday, I'm in love hoje!
A semana tá cheia de coincidências e parece querer dizer alguma coisa, pra mim e pra todo mundo que eu conheço, mas sou tacanho e não sei o que é hehe.

De todo jeito, eu tô com vc, no seu barco, pro que der e vier e por qual caminho vc decidir, Lu.
Eu te amo, sua perturbada!

PS= Foi mal hoje viu? Acabei me enrolando aqui e quando vi não ia poder ir pro teatro com vcs, seja pelo tempo (que não ia conseguir chegar as 21:30), seja pelo dinheiro (porque ia ser 25 e depois ia quer comer alguma coisa porque sou gordinho). Te ligo hj pra ver se dá pra sair todo mundo.

Um beijo e um abraço esmaga-osso!
André.

André disse...

PS2= Quando vi já tinha escrito "wolverine". Velhos hábitos. Preciso de uma breja gelada.

Lola disse...

"It's Friday, I'm in love" continua sendo a música que me dá ânimo para enfrentar o último dia útil da semana. Ainda mais de uma semana na qual tudo que desejou foi passá-la inteira na cama, enquanto se esforçava para rastejar até o trabalho, reunão e todo este blábláblá.
Nos vemos on friday, em Rio Preto, se eu não tiver que sacrificar meu feriado em prol de uma grande corporação!

Lola disse...

André, é bom saber que está comigo. A recíproca é verdadeira. A porra da vida é feita de ciclos para nos dar a oportunidade de reconhecer erros e fazer diferente. Dizem que são os ciclos dos sete anos. Coincidência ou não, estamos próximos de encerrar o quarto ciclo - temos 28 muito bem vividos, certo? Sim, de certa maneira sim, eu faria tudo de novo, mas usaria camisinha! Hahaha! Se não for pra rir de nós mesmos não há a menor graça!